A linha reta da evolução

O caminho de evolução é uma linha reta.

A vida nos conduz por uma estrada tortuosa, cheia de curvas e altos e baixos. Mas a evolução é reta. Tem uma única direção.

Nos reconectarmos com nossa essência.

Nossa essência mais pura.

Nossa conexão com o divino que vive em nós. Que é nossa conexão direta com Deus.

Uma conexão que é anterior aos nossos pensamentos. Que está além das nossas emoções e escondida embaixo da nossa história de vida.

A cada instante, a cada milésimo de segundo deste agora, temos a oportunidade de nos reconectarmos com essa essência. A oportunidade de nos lembrarmos do que realmente importa.

Todo o resto, é superficial e uma distração daquilo que é mais real.

Quando colocamos a intenção de nos lembrarmos, começamos a acessar essa centelha divina. Uma faísca muito sutil que pode ter sido esquecida por muitos anos, mas que nunca se apaga enquanto existir vida em você.

Basta a intenção. É suficiente para essa lembrança ser ativada.

E aí, nosso trabalho passa a ser sustentar e cultivar este estado. Aumentar o silêncio, fortalecer a concentração, ajustar nossos hábitos. Caminhar a linha reta da evolução.

Para que essa faísca se torne uma chama. Uma chama que guia todos os nossos atos. E a nossa vida passa a ser a manifestação da vontade divina.

A capacidade de colocar nossa vida à serviço dessa força interna é uma vida com propósito.

Tornar a vida sagrada e honrar essa força.

Esse é o nosso desafio.

Gustavo Tanaka